Tom Clancy's Rainbow Six Siege | Operator VALKYRIE | Ubisoft

VOLTAR
Valkyrie icon

Valkyrie

Valkyrie faction

NAVY SEAL

Lado
Defensor
Função
intel-gatherer, roam
Armaduras
Velocidade
Dificuldade

ESTILO DE JOGO E HABILIDADE ÚNICA

Dentro de uma bola de silicone fosco, coberta de microventosas, a câmera de mobilização rápida mantém uma visão nítida graças ao giroscópio interno que decide o ângulo da lente. As ventosas possibilitam que a câmera grude em qualquer superfície, enquanto a lente com giroscópio estabiliza o ângulo e foco. A transmissão de vídeo ao vivo fica disponível para todos os agentes.

Loadout

Arma primária

MPX

SUBMETRALHADORA

SPAS-12

ESPINGARDA

Arma secundária

D-50

ARMA CURTA

Gadget

Escudo ajustável

C4

Equipamento Único

BLACK EYE

Biografia
Nome real
Meghan J. Castellano
Data de Nascimento
21 de Julho de 1986
Local de nascimento
Oceanside, CA

EXPERIÊNCIA

"Se você não tem a impressão constante de estar sendo observado, é porque não está prestando atenção."

Castellano nasceu e foi criada na típica comunidade surfista de Oceanside, Califórnia. O pai era um coronel respeitado no Corpo de Fuzileiros, a mãe uma pesquisadora numa companhia de biotecnologia próxima. Desde pequena, era conhecida pelos altos desempenhos em matemática e ciências e como uma atleta prodígio. Tinha esperanças de competir como nadadora nas Olimpíadas, mas quebrou um braço num acidente de carro aos 16 anos, dando um fim à sua carreira. Então, mudou o foco e se alistou na marinha, enquanto ainda ia à faculdade. Depois de se graduar em Ciência da Computação, com especialização em Segurança e Criptografia, ela foi transferida para o Corpo de Domínio de Informações. A atenção de Castellano aos detalhes e sua habilidade analítica fizeram dela uma das especialistas mais disputadas. Ela se candidatou a um posto de SEAL quando abriram uma vaga feminina e continua tendo êxito mesmo depois de vários anos desgastantes, servindo de incentivo a outras mulheres.

RELATÓRIO PSICOLÓGICO

No começo de meu primeiro encontro com a Especialista Meghan “Valkyrie” Castellano, ela me pareceu alguém que satisfaz todas as exigências - alguém que cumpre e excede as expectativas. Alguém impecável. Mas ao olhar para os relatórios de campo, vejo uma pessoa agressiva, disposta a fazer o que for preciso para cumprir a missão. Esse contraste me interessa.

Como Castellano vê seu papel é mais complicado do que a educada resposta inicial indicaria. Embora tenhamos aumentado as exigências e ela goste do desafio, dá pra dizer que está lutando com algo. Castellano não está acostumada a ter tanta gente de alto desempenho ao redor. Sempre foi a melhor da turma - a mais confiável. A única vez que se sentiu "contra a parede", como disse ela mesma, foi durante o treinamento dos SEALs. Normalmente eu a incentivaria a interagir com alguém que tenha passado pelo mesmo que ela, outro SEAL como o Especialista Craig "Blackbeard" Jenson, mas sei que ele foi um dos instrutores durante sua semana infernal e, embora ela o respeite, não sinto nenhuma grande afeição vinda dali.

Atualmente Castellano está tirando sua licença de piloto de helicóptero, inspirada pela Especialista Elena María “Mira” Álvarez, e estudando idiomas, inspirada pelos Especialistas Yumiko “Hibana” Imagawa e Miles “Castle” Campbell. A intimidação que sente ao estar cercada por outras mentes excepcionais é resultado da pressão excessiva. Tudo bem com o autoaperfeiçoamento, se for pelo motivo certo. Castellano já é uma agente inestimável, apesar da tensão com a Especialista Tainá "Caveira" Pereira, por conta do incidente na Bolívia. Quero que Castellano invista numa perspectiva mais saudável do que significa estar numa equipe.

Além de seus destacamentos, Castellano não viaja. As férias são em casa, perto da areia e do surfe. Esse estilo de vida eremita não parece ser inteiramente seu estado físico natural. A pressão intensa que coloca em si mesma precisa de algum tipo de… ponto de apoio. Ela não mais carrega a bandeira das agentes femininas sozinha e precisa aceitar o apoio das colegas. Estou certo de que entender isso irá ajudá-la a achar seu equilíbrio. Será preciso convencê-la. Mas ainda temos tempo.

-- Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow