Tom Clancy's Rainbow Six Siege | Operator CAVEIRA | Ubisoft

VOLTAR
Caveira icon

Caveira

Caveira faction

BOPE

Lado
Defensor
Função
intel-denier, intel-gatherer, roam
Armaduras
Velocidade
Dificuldade

HABILIDADES E ESTILO DE JOGO ÚNICOS

O “Luison” está envolto em uma fibra mineral à base de pedra, para isolar e deixar o silenciador à prova de som. Esta arma permite à Caveira incapacitar seu alvo discretamente para conduzir um interrogatório. O “Luison”, além de ser uma maneira formidável de neutralizar seu adversário sem ser detectada, ainda garante que ninguém escape.

Loadout

Arma primária

M12

SUBMETRALHADORA

SPAS-15

ESPINGARDA

Arma secundária

Luison

Gadget

Câmera à prova de balas

Granada de impacto

Equipamento Único

PASSOS SILENCIOSOS

Biografia
Nome real
Tainá Pereira
Data de Nascimento
15 de outubro (27 anos)
Local de nascimento
Rinópolis, Brasil

EXPERIÊNCIA

“Nem toda criança escolhe o que quer ser quando crescer”.

Pereira é a sétima entre dez irmãos, filha de mãe viúva e nascida em uma cidade pequena no estado de São Paulo. Após se mudar para o Rio de Janeiro ainda jovem, Pereira foi presa por roubo e recebeu duas opções: internação em um reformatório juvenil ou trabalhar para a Polícia Militar como informante. Anos de trabalho disfarçada em operações com as maiores gangues do Brasil a tornaram uma mestra em técnicas de interrogatório e vigilância. Agora, Pereira é convocada frequentemente para conduzir exercícios de treinamento na organização. Suas habilidades em táticas em ambientes confinados, extração e situações de extremo risco são exemplares. Foram as ações da Pereira durante a crise de segurança do Rio de Janeiro que chamaram a atenção da Rainbow, apesar de diversos relatórios apontarem que ela é uma agente perigosa que toma suas próprias decisões. Além do seu histórico profissional, pouco se sabe sobre a vida da Pereira, exceto que ela gosta de aprender outros idiomas e lutar em campeonatos não oficiais de Jiu Jitsu.

RELATÓRIO PSICOLÓGICO

É óbvio descrever a especialista Tainá “Caveira” Pereira como destemida e inteligente com todos esses relatórios detalhando como ela é audaciosa nas operações; como é não é do tipo que pensa muito antes de agir; que ela faz o trabalho e ponto. E mesmo que o sucesso dela não tenha passado despercebido, ela vem negando condecorações devido à sua natureza rebelde. Com tudo isso, na nossa primeira reunião eu estava esperando... Quem eu estava esperando? ...

O início de sua carreira como informante me diz que ela é uma sobrevivente. Nesse contexto, fez mais sentido perguntar por que ela continuou quando a sentença obrigatória dela acabou. Ela me falou que isso tinha passado de uma opção de saída para um estilo de vida. Ela ainda é desafiadora, contra o sistema. Mas também está bem claro – mesmo que ela provoque os outros por causa do “senso de justiça de super-herói” deles – que ela leva a função dela a sério. ...

O jeito direto ao ponto da Pereira foi muito criticado pelas pessoas que não entendem a dinâmica de uma família grande – principalmente com tantos irmãos. Apesar de muito próxima dos irmãos, Pereira tinha que brigar para ser ouvida ou simplesmente notada. É compreensível que ela valorize a privacidade e demonstre grande satisfação em fazer as coisas do seu jeito. Ao mesmo tempo, a dinâmica da família dela a deixou confortável com barulho e espontaneidade, assim como ela entende as sutilezas de dinâmica de grupo com muito mais facilidade do que outros da sua idade. É um dos motivos pelos quais ela é tão boa em interrogatórios. Mas eu odeio imaginar como as ruas devem ter afiado essa habilidade. ...

A Pereira deixou bem claro que não vamos falar sobre a vida privada dela. Pela forma como ela mexeu no colar, acho que estava mais protegendo alguém próximo do que me dispensando. ...

Então, quem eu estava esperando quando me encontrei com a especialista Pereira? Ela não é o tipo de pessoa que pode ser prevista. E isso não é um alerta negativo. Justamente o contrário. Tenho uma fé fervorosa nas capacidades dela, no equilíbrio e no foco interno dela. Onde outros veem rebeldia, eu vejo desenvoltura. Pereira é cheia de surpresas, mas, na minha opinião, podemos confiar que ela vai fazer a coisa certa.

-- Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow