Tom Clancy's Rainbow Six® Siege | Agente HIBANA | Ubisoft® (BR)

VOLTAR
Hibana icon

Hibana

Hibana faction

S.A.T.

Lado
Atacante
Função
back-line, front-line, hard-breach
Armaduras
Velocidade
Dificuldade

ESTILO DE JOGO E HABILIDADE ÚNICA

O X-KAIROS, um lançador de calibre 40 mm, dispara projéteis explosivos que podem ser detonados simultaneamente de longe. Realize ataques inovadores criando linhas de visão ou novas passagens!

Loadout

Arma primária

Type-89

RIFLE DE ASSALTO

SuperNova

ESPINGARDA

Arma secundária

P229 RC

ARMA CURTA

Bearing 9

PISTOLA-METRALHADORA

Gadget

Granada atordoante

Carga de demolição

Equipamento Único

X-KAIROS

Biografia
Nome real
Yumiko Imagawa
Data de Nascimento
12.07.1983
Local de nascimento
Nagoya, Japão

EXPERIÊNCIA

“Kyūdō é meditação em ação. Explosivos fazem parte dessa ação”.

Imagawa é expert em técnicas paramilitares e infiltração em áreas de alto risco, além de esbanjar uma capacidade fascinante de liderança em campo. Ela tem praticado a arte marcial Kyūdō desde pequena, por influência da família, e consegue avaliar múltiplos fatores simultaneamente enquanto executa movimentos precisos, controlados e fluidos. Treinando com unidades de contraterrorismo do mundo todo incluindo SAS, FBI SWAT e GIGN, Hibana adquiriu uma versatilidade tática rara, com proficiência em assaltos tubulares (ônibus, trens e aviões). Durante seus estudos na Academia Nacional de Polícia, ela ganhou o apelido “Hibana” devido aos seus explosivos improvisados. Fluente em diversas línguas e letal com qualquer arma, Imagawa foi recrutada pela Equipe Tática Especial do Departamento de Polícia Municipal de Aichi, onde suas técnicas diversificadas e seu carisma culminaram em promoções de patente.

RELATÓRIO PSICOLÓGICO

A especialista Yumiko “Hibana” Imagawa tem talentos consideráveis. Conheço poucas pessoas com tantas comendas. Inspirar agentes de diversos cenários e tranquilizar as pessoas ao redor é algo natural para ela, e sem dúvida ela leva na esportiva as minhas tentativas ridículas de falar japonês. ...

Gosto das nossas conversas. Imagawa é bem lírica na forma em que ela conta as suas experiências. Para alguém que já correu o mundo e conheceu tantas culturas, as histórias favoritas dela são da sua infância, em casa. Como quando seu pai chegava em casa do trabalho de açougueiro e a mãe não o deixava entrar antes de lavá-lo com a mangueira no jardim. A imagem do pai encharcado dançando descalço sob o jato de água fria era uma baita diversão para a família. Gostei da história.

Memórias como essa nos mantêm com os pés no chão. Me pergunto se foi o treinamento de Kyūdō que despertou essa apreciação nela. Quando sugeri que ela tinha uma aura de serenidade interna, ela riu e me chamou de “hippie”. ... Gostaria de ver se ela consegue influenciar alguns dos outros a manter essa calma. Os treinos dela com tantas unidades contraterroristas a tornam uma escolha ideal para a função. Imagawa já conquistou um respeito universal na Rainbow. ...

Sinto que as motivações da Imagawa são alimentadas por algum fogo interno, mas ela também tem um espírito competitivo com os colegas de equipe. Os relatórios de conclusão indicam isso. ... Imagawa demonstra uma impaciência inusitada com a especialista Grace “Dokkaebi” Nam, apesar de frequentemente passarem um tempo juntas no laboratório.

A dinâmica me surpreendeu porque eu praticamente não pude ser assertivo. Quando eu perguntava, a Imagawa dizia que eu estava equivocado, enquanto a Dokkaebi aparentava nem notar ou se importar. Li os relatórios e um dos exercícios de treinamento conjunto com a GIGN me chamou a atenção. Talvez Imagawa tenha inveja da autoconfiança da Nam, o que corresponde com os registros relacionados à irmã mais nova da Imagawa. Todavia, eu gostaria de explorar mais essa questão. Não que elas sejam irresponsáveis, mas isso pode afetar operações futuras de alguma forma que não podemos prever se não podemos determinar a fonte da ruptura na calmaria da Imagawa.

-- Dr. Harishva “Harry” Pandey, Diretor da Rainbow