Clash Overview | Operators | Rainbow Six Siege | Ubisoft (US)

VOLTAR
Clash icon

Clash

Clash faction

MPS

Lado
Defensor
Função
Controle de multidão, Intel Gatherer, Seguro, Escudo
Armaduras
Velocidade
Dificuldade

ESTILO DE JOGO E HABILIDADE ÚNICA

Clash é a primeira defensora a usar um escudo. O Escudo CCE é sua arma primária; ela pode trocar para sua arma secundária a qualquer momento, mas para isso ela precisa guardar seu escudo primeiro. Seu escudo extensível à prova de balas tem a habilidade de desacelerar os inimigos usando um gerador de carga de alta voltagem (CFG) que é emitido diretamente da frente do escudo em formato cilíndrico. Inimigos que forem pegos no CFG também sofrem dano fraco ao longo do tempo. O uso eficaz do escudo permite que Clash obstrua pontos de acesso e evite ou atrase uma investida dos atacantes.

Loadout

Arma primária

ESCUDO CCE

Arma secundária

P-10C

ARMA CURTA

SPSMG9

PISTOLA-METRALHADORA

Gadget

Arame farpado

Granada de impacto

Equipamento Único

ESCUDO CCE

Biografia
Nome real
Morowa Evans
Data de Nascimento
7 DE JUNHO - (IDADE: 35)
Local de nascimento
London, England

EXPERIÊNCIA

“Chega mais perto, se tem coragem.”

Morowa Evans liderou a luta em sua comunidade contra grupos racistas em confrontos frequentemente violentos. Ela permaneceu implacável até o dia em que o seu amigo e mentor, Tray Pearson, morreu tentando impedir saqueadores em meio a um tumulto. Dois meses depois, Evans ofereceu seu apoio à Polícia Metropolitana de Londres (MPS) a fim de fazer a diferença no sistema. A MPS prometeu limpar a ficha de Evans se ela ajudasse a impedir que os protestos se tornassem violentos. E Morowa fez disso sua carreira, começando com trabalhos privilegiados e por fim se juntando plenamente à MPS.

Durante os tumultos de 2011 em Londres, Evans comandou a linha de frente como agente da polícia no Territorial Support Group para conter a propagação da violência e, posteriormente, conseguiu uma permissão especial para participar de reuniões do mais alto escalão, nas quais ela propôs novas estratégias de controle de multidões tomando como base sua longa experiência como líder de manifestações. Evans efetuou 274 prisões ao longo do seu serviço como policial e então se tornou detetive. Ela conquistou a Queen’s Police Medal por bravura excepcional e uma vaga na Rainbow devido a sua experiência, histórico de serviço e tenacidade.

RELATÓRIO PSICOLÓGICO

Quando eu recomendei a especialista Morowa “Clash” Evans, recebi uma forte resistência. Os responsáveis pela seleção não conseguiam enxergar além da violência dela, mas eu via uma veterana amadurecida pelas ruas que sabia como jogar sujo e que era a maior especialista em controle de manifestações violentas. [...] Apesar da desconfiança dos companheiros da polícia, a especialista Evans provou seu valor durante os tumultos de 2011 em Londres ao confrontar grupos que ela já havia liderado. A partir de câmeras de vigilância e testemunhas oculares observa-se que os manifestantes não a pouparam de forma alguma, mas ela se manteve exemplar. No início, fiquei imaginando como ela mudou de lado e continuou sã. Ela conseguiu esse feito porque continuou protegendo os londrinos de racistas e quaisquer arruaceiros que estivessem ferindo os moradores locais de qualquer forma. Ela não quis acalmar a tempestade. Quis redirecioná-la.

De qualquer forma, ganhar a confiança da Scotland Yard depois de ter sido líder de manifestações não foi tarefa fácil. É certamente uma batalha muito difícil, na qual todo e qualquer passo em falso será usado contra ela. Seu temperamento forte a fez perder a cabeça logo no começo e alguns parceiros fizeram questão de provocá-la. Mas no fim das contas, muitas apostas foram perdidas quando ela se formou em Hendon e ela conquistou seu merecido respeito na divisão. Evans simplesmente tinha a melhor qualificação em compreensão de comportamento de multidões violentas, além de táticas pioneiras em esquadrões de confronto direto.

Quem sabe que tipo de vida ela levaria sem a influência do seu mentor? Eles tinham os mesmos objetivos e, embora os passos não violentos de Pearson diferenciassem dos dela, Morowa continuava a usar a tragédia dele para canalizar a sua raiva. […]

Ela continua como um enigma na Rainbow, mas estou contente em ver que ela já fez amizade com o especialista Gilles “Montagne” Touré — acho que ela gosta de competição e os dois compartilham experiências trabalhando na segurança de reuniões do G8 e G20. [...] No entanto, ela é persistente e destemida; tudo indica que vai manter os outros agentes alertas com as suas táticas. Tenho certeza de que aqui na Rainbow ela vai ganhar o mesmo nível de respeito conquistado a duras penas na MPS.

— Dr. Harishva Pandey

Visite Outros Canais de Rainbow Six Siege

facebook icontwitter iconyoutube icontwitch icon