Lion | Agentes | Rainbow Six Siege | Ubisoft (BR)

VOLTAR
Lion icon

Lion

Lion faction

GIGN

Side
Attacker
Role
anti-roam, back-line, crowd-control, intel-gatherer
Armor
Speed
Difficulty

ESTILO DE JOGO E HABILIDADE ÚNICA

Twitch lhe forneceu um drone aéreo enquanto servia com o GIGN. O EE-UM-D ajudou Lion a manter a quarentena, detectando movimentos em uma área, dando uma visão geral de áreas perigosas ou do campo de batalha. Seu drone pode se manter no ar indefinidamente, mas ele deve escolher o momento certo para realizar suas buscas.

Loadout

Primary Weapon

V308

RIFLE DE ASSALTO

417

RIFLE ATIRADOR DE ELITE

SG-CQB

ESPINGARDA

Secondary Weapon

P9

ARMA CURTA

LFP586

ARMA CURTA

Gadget

Granada atordoante

Claymore

Unique Ability

EE-ONE-D

Biography
Real Name
Olivier Flament
Date of Birth
29 de agosto de 1985
Place of Birth
TOULOUSE, FRANÇA

EXPERIÊNCIA

Olivier nasceu em uma família conservadora e abastada. Seus pais e sua irmã mais velha, Sophie, atuavam na medicina e eram católicos fervorosos, mas Olivier era diferente em termos de fé e conquistas profissionais. Era inteligente, mas também era arrogante e achava que a rebeldia era o melhor uso para o seu intelecto. Achava que era divertido agir contra o que se esperava. Levava uma vida de bebidas e farra, até que engravidou sua namorada, Claire.

Ele tentou convencer Claire a fazer aborto, o que ela recusou. Quando os pais de Olivier descobriram a gravidez e a cogitação de aborto, expulsaram-no de casa; era a gota d’água do seu mau comportamento. Deprimido, Olivier foi se afogando no poço das drogas e do álcool até ir parar num hospital. Essa foi sua chamada na consciência. Tinha só 18 anos de idade e era praticamente um morador de rua, então se alistou no Exército Francês por puro desespero. Precisava de um propósito.

A vida militar era dura, mas tinha suas recompensas. Olivier buscou consolo nesse propósito e lutou contra velhos hábitos. Passou a enviar dinheiro para Claire, para que ela pudesse cuidar do recém-nascido, mesmo que ela não quisesse o ver. Tornou-se um resgatista de segundo nível em combate e virou membro do 2º Regimento de Dragões, contribuindo para a função do grupo como força de reação a eventos QBRN. Também desenvolveu um relacionamento próximo com o capelão católico do regimento, Bertrand, quem viria a falar com Claire e convencê-la de que Olivier estava arrependido de seus atos. Pois o religioso, então, marcou uma reunião para eles.

Era um momento difícil para Olivier. Conheceu o seu filho, Alexis, a criança que quis abortar, — e a realidade o atingiu com força. Tinha sido egoísta sentenciando sua namorada a fazer algo só porque julgava conveniente para si. Para arrematar, Claire estava prestes a se casar, e Alexis já chamava outro alguém de “papai”. Tudo que ele tinha feito, causando dor e sofrimento a quem o amou, rebateu o colocando numa depressão que quase custou a sua patente. O capelão Bertrand ajudou Olivier a passar por essa crise e com isso ele retornou à igreja católica.

Olivier jurou que faria tudo o que fosse possível para recompensar a dor que tinha causado, por isso trabalhou duro e buscou mais e mais desafios. Qualificou-se para se juntar ao Groupe d’intervention de la Gendarmerie Nationale (GIGN) como especialista em risco biológico, fazendo uso de drones para manter perímetros em quarentena. Ele manteve o foco em sua conduta, em fazer as coisas direito, nem que se machucasse no processo. Seus sentimentos eram irrelevantes; só se importava com a sua conduta. Num dia em que ele estava dando cobertura a uma equipe de investigação de campo durante um surto de febre amarela no Sudão, sua voz alta assustou algumas pessoas e as fez recuar por um instante; e por isso o chamaram de "Lion".

Em 2015, o exército solicitou que Olivier levasse o 2º Regimento de Dragões ao oeste da África para dar assistência a uma equipe médica na luta contra a epidemia do Ebola. Houve tragédias, e as decisões que Olivier tomou como medidas de segurança o colocaram em maus lençóis com Doc, que o culpa pela morte de diversos membros da equipe médica que estava no local, incluindo um colega do Doc. A tensão entre os dois continua até hoje na equipe Rainbow.

Depois de estudar o caso dele, Finka recomendou Olivier para Rainbow como um especialista em QBRN; e Six concordou. Logo, Olivier provou o seu valor quando Finka e ele descobriram a origem da névoa misteriosa que surgiu em Sussex e envenenou diversas pessoas; no entanto, ele afirma dividir o sucesso desse feito com Twitch, quem forneceu o novo tipo de drone para localizar a fonte da névoa.

Olivier tem conseguido participar da vida do filho, mas é um relacionamento estranho. Alexis não consegue chamá-lo de pai e Olivier mal sabe o que significa ser pai no dia a dia. Olivier restabeleceu os laços com os pais e a irmã — seu retorno à fé católica curou aquelas feridas —, e embora a sua decisão de seguir a vida militar os incomode, ele já não é um rebelde qualquer. Não se tornou soldado para tirar da alma o peso da vida. Ele carrega consigo o peso da responsabilidade pelo que fez, mesmo com Bertrand o lembrando constantemente de que o perdão é o coração de Deus.

RELATÓRIO PSICOLÓGICO

Lion é um Agente como manda a regra, pois ele não confia nos seus instintos de civil. As regras lhe trouxeram estrutura e o permitiram controlar as facetas mais mesquinhas da sua personalidade. Elas funcionam como uma espécie de colete salva-vidas, salvando os outros e a si mesmo quando sua consciência, ou arrogância, tende ao afogamento. Ele carrega consigo o peso da responsabilidade pelo que fez e se esforça para ultrapassar seus limites físicos como uma forma de punição. Infelizmente, com seu jeito arrogante, Lion pisou no calo de algumas pessoas na GIGN e na Rainbow. Doc acha que ele não tem a empatia necessária para ajudar em crises médicas, ao passo que Lion julga o humanitarismo do Doc como um problema. E a Twitch não está nem um pouco contente de se ver no meio dessa briga. O amigo mais próximo do Lion na GIGN é o Montagne, mas quando Thatcher deu um soco nele por ele ter dito algo inconveniente durante um treino, Lion quase gerou um conflito entre GIGN e SAS.